Faculdade Murialdo

MEC classifica cursos do Centro de Agrárias e Veterinárias da Faculdade Murialdo como os melhores da Serra Gaúcha

Nesta quarta-feira, 09 de dezembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou as instituições que obtiveram os melhores resultados no Conceito Preliminar de Curso (CPC). Os cursos de Medicina Veterinária e Agronegócio do Centro de Agrárias e Veterinárias da Faculdade Murialdo foram classificados como os melhores da Serra Gaúcha. Confira:

 

Medicina Veterinária:

Melhor Curso de Medicina Veterinária da Serra Gaúcha

1º Colocada entre as Instituições particulares do Rio Grande do Sul

3º Colocada entre as Instituições particulares e públicas do Rio Grande do Sul

 

Agronegócio:

Melhor Curso de Agronegócio da Serra Gaúcha

2º Colocada entre as Instituições particulares do Rio Grande do Sul

 

“É com muita alegria que recebemos essa notícia de sermos mais uma vez reconhecidos como a melhor Faculdade de Caxias do Sul, e uma das melhores do Estado. Esse reconhecimento é fruto do empenho que nossos professores, funcionários e religiosos têm na formação de profissionais de notada excelência acadêmica e humanização das relações”, enfatiza o diretor da Famur, Prof. Dr. Ricardo José Stein. 

 

Para a coordenadora do curso de Medicina Veterinária da Famur, Profª. Drª. Fernanda Flores, este resultado é fruto de um trabalho coeso desenvolvido por todos os Educadores da Famur, que tem como propósito formar profissionais que façam a diferença na sociedade, tanto do ponto de vista técnico como humano. O projeto pedagógico do curso está enraizado no desenvolvimento do aluno como protagonista de seu aprendizado, por meio de diversas atividades que envolvem o tripé Ensino, Pesquisa e Extensão, na qual são indissociáveis no processo formativo. “Temos uma infraestrutura completa e própria, além de uma forte parceria com a comunidade externa que nos permite vivências práticas contínuas, desde o primeiro semestre do curso, em diversas áreas de atuação profissional. Além disso, o curso é desenvolvido na modalidade diurna e presencial o que permite mais tempo destinado às atividades pedagógicas, e uma mediação contínua com docentes qualificados nas mais diferentes áreas", ressalta. 


Entenda o que são os índices CPC e IDD:

Vale destacar que os indicadores são produzidos a partir dos resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

 

O Assessor Acadêmico e Procurador Institucional da Faculdade Murialdo, Prof. Dr. Ulisses Bisinella, explica que esses dados só mostram que a Famur está fazendo um excelente trabalho em relação à aprendizagem. “Além de possuirmos uma ótima infraestrutura e um bom corpo docente, os nossos acadêmicos estão aprendendo e isso deixa o curso com um índice maior de qualidade. Estamos cumprindo o nosso papel como instituição de ensino em fazer com que os alunos aprendam de forma adequada as competências necessárias para a sua formação superior”, comenta.  

 

IDD - O Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD) é um indicador de qualidade que busca mensurar o valor agregado pelo curso ao desenvolvimento dos estudantes concluintes, considerando seus desempenhos no Enade e no Enem, como medida proxy (aproximação) das suas características de desenvolvimento ao ingressar no curso de graduação avaliado. 


CPC - É o conceito que avalia o curso em uma escala de 1 a 5. Para o cálculo, são considerados: Conceito Enade (desempenho dos estudantes na prova do Enade); Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD); corpo docente (informações do Censo Superior sobre o percentual de mestres, doutores e regime de trabalho) e percepção dos estudantes sobre seu processo formativo (informações do Questionário do Estudante do Enade).


*Com informações do Portal Inep. 

Imprimir Notícia