Faculdade Murialdo

A realização de Estágios é uma atividade fundamental na formação do perfil do egresso da FAMUR. O Núcleo de Estágios e TCC tem como um dos objetivos o gerenciamento das atividades relacionadas aos Estágios Curriculares Supervisionados Obrigatórios e Estágios Não Obrigatórios como oportunidade de atuação e qualificação profissional. Nesse sentido, fomenta a atuação do acadêmico em Estágios para a formação continuada, além da aproximação com o mercado de trabalho. De acordo com suas atribuições, o NET realiza visitas nos locais de Estágios, tendo em vista a necessidade disposta na Lei Nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, a chamada Lei do Estágio. O objetivo da visita é participar da vida do acadêmico no ambiente de trabalho, além de construir o perfil do egresso na Faculdade a partir de uma educação humanizada.

 

 

As atividades que se referem ao Trabalho de Conclusão de Curso referem-se às diferentes formas de realização do trabalho final de curso e terão a denominação de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Nos casos em que o Curso de Graduação possuir duas ou mais Componente Curriculares de TCC, obrigatoriamente a primeira delas deverá ter o caráter de projeto de Pesquisa.

A realização do TCC terá o acompanhamento de um Professor Orientador e do professor da Componente Curricular de TCC, indicado pelo Núcleo. Os trabalhos deverão ser submetidos a uma banca examinadora constituída por uma comissão permanente e/ou pelo Professor Orientador do trabalho e por outros professores pertencentes ao corpo docente da FAMUR, conforme a temática investigada.


O Núcleo terá a responsabilidade de orientar aspectos metodológicos do TCC, além da estrutura de trabalho exigida pela FAMUR. Juntamente com as coordenações de curso, o Núcleo tem os critérios de avaliação adequadas ao perfil da instituição e ao perfil do egresso. Caberá ao orientador realizar e acompanhar a execução do TCC a partir desses critérios. 

 

PASSOS PARA O DESENVOLVIMENTO

ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO

NET (NÚCLEO DE ESTÁGIOS E TCC)

 

1. O Núcleo de Estágios e TCC é responsável pela organização e atribuição das atividades dos Estágios e TCC da FAMUR;

2. O NET define, juntamente com a coordenação de cada curso de Graduação, um professor responsável pela organização dos Estágio Não Obrigatórios (ENO), que juntamente com o responsável pelo Núcleo, operacionaliza e define as atividades;

3. O acompanhamento das Instituições Conveniadas é feito pelo responsável do Núcleo juntamente com o professor responsável por cada curso de Graduação da FAMUR, tendo em vista o cumprimento da legislação do ENO.

4. A organização e conferência da documentação são realizadas pelo Núcleo de Estágios e TCC, que posteriormente encaminha a documentação para a Pasta do Acadêmico junto ao Setor responsável, na secretaria acadêmica.

5. O termo de Convênio entre as instituições é assinado pelas direções, mas os termos de compromisso são assinados pelo responsável do Núcleo de Estágios e TCC.

PASSOS PARA O DESENVOLVIMENTO

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

 

O processo de organização do Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório (ECO) será feito da seguinte forma:

 

1.Definições do Perfil do Estágio a partir do Projeto Pedagógico de Curso;

2. Definição dos Convênios com as instituições selecionadas;

4. Acompanhamento dos responsáveis pelo Estágio de cada curso e sua atuação no espaço profissional;

5. Assinatura do Termo de Convênio com os Estagiários;

6. Conferência do Relatório do Estágio conforme as definições estabelecidas pelo Núcleo de Estágios e TCC;

7. Conferência e envio da documentação dos Estagiários para o Registro Acadêmico;

 

 

PASSOS PARA O DESENVOLVIMENTO

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

 

1. Organização das definições de TCC dos cursos envolvidos:

2. Criação do Componente Curricular de TCC para cada área;

3. Equivalência do componente curricular com o seu respectivo curso (em caso de menos créditos que a equivalente, é preciso realizar ao final do semestre aproveitamento manual);

4. Definição do Professor do Componente Curricular pelo Núcleo de TCC;

5. Recebimento das informações dos acadêmicos quanto à área e ao tema do TCC;

6. Organização das aulas obrigatórias da Componente Curricular de TCC para todos os acadêmicos;

7. Definição do orientador específicos para acompanhamento da temática pelo Núcleo de TCC;

8. Definições de orientação pelo orientador conforme cronograma presencial;

9. Definições e entrega da documentação de TCC da parte dos acadêmicos;

10. Autorização ou não do acadêmico para a ida à banca avaliadora de TCC;

11. Definição de banca pelo Núcleo de TCC;

12. Realização de bancas com professores convidados pelo Núcleo de TCC;

13. Avaliação Final pelo Núcleo de TCC;

14. Criação dos Certificados para Avaliadores; Orientadores e Acadêmicos;

15. Publicação do Trabalho Final junto à Biblioteca da Instituição.

Prof. Ir. Me. Pedro Paulo da Silva – (Vice Diretor)
Profa. Dra. Roberta Lopes Augustin (Coordenadora Acadêmico Pedagógica)
Prof. Me. Ulisses Bisinella (Professor Responsável)