Faculdade Murialdo

Vacinação antirrábica realizada no último fim de semana imuniza mais de 100 animais

A iniciativa é uma oportunidade para que os estudantes coloquem a teoria em prática e fiquem próximos da comunidade

 

A Faculdade Murialdo, por meio do curso de Medicina Veterinária, promoveu no sábado e domingo, 14 e 15 de setembro, mais uma etapa da ação de vacinação antirrábica para cães e gatos. Desta vez, a iniciativa foi realizada no bairro Santa Fé, na sede do Centro de Atenção à Criança e ao Adolescente Murialdo, e na Praça Central do Município de Feliz. Nos dois dias de ação, mais de 100 pets foram imunizados, contando com a participação de aproximadamente 20 alunos.

 

A coordenadora do curso de Medicina Veterinária, Profª. Drª. Fernanda Flores, destaca que a ação tem um engajamento muito bom de toda extensão comunitária. “A iniciativa envolve diversos fatores, como o contato com a cultura local e com os tutores, que durante o processo de vacinação sempre tiram dúvidas. Já para o aluno é uma oportunidade de colocar o aprendizado em prática, além de envolver a postura profissional, também reforça a importância do trabalho em equipe”, enfatiza. Ela ainda ressalta que a atividade vem ao encontro com a missão da FAMUR, que é atuar com responsabilidade socioambiental, na temática da Saúde Única animal.

 

Na ocasião, os acadêmicos avaliam, cadastram e vacinam os pets, e têm a oportunidade de adquirir experiência, tanto no contato com os tutores como no trato com os cães e gatos. “A comunidade é muito receptiva com as vacinações, pois conseguimos conscientizar sobre os cuidados com seus animais e, especificamente, na prevenção da raiva, que é uma zoonose”, ressalta a aluna Suelen Bitencurt.

 

A próxima etapa ocorre no dia 05 de outubro, nas cidades de Ipê e Antônio Prado. Mais informações pelos telefones (54) 3039.0245 – Unidade Sede e (54) 3535.7350 – Unidade Ana Rech ou pelo e-mail: faleconosco@faculdademurialdo.com.br.

 

Importância da vacinação antirrábica:

 

A raiva é uma doença causada por um vírus e a transmissão ocorre por meio da saliva, principalmente, pela mordida. Um protocolo indicado pelos médicos veterinários, aponta que cães e gatos devem ser vacinados em dose única, a partir dos três meses de idade. Esta imunização deve ser repetida anualmente.

 

Fotos: Divulgação

 

Imprimir Notícia