Faculdade Murialdo

Medicina Veterinária da FAMUR: projeto pedagógico inovador com infraestrutura de excelência

A Faculdade Murialdo (FAMUR) está classificada pelo Ranking do MEC como 37ª melhor Instituição de ensino do BRASIL; 4° lugar no Estado do Rio Grande do Sul, atrás apenas da UFRGS, da Faculdade EST e da Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA) e em 1º lugar em Caxias do Sul e região (MEC, 2018). Esta classificação demostra a qualidade de ensino que permeia por todos os cursos da Instituição e está alicerçada em um conjunto que envolve infraestrutura, docentes, discentes, organização educacional e administrativa. Para tanto, convidamos você, leitor a conhecer um pouco mais dos nossos cursos: hoje, em especial o curso de Bacharelado em Medicina Veterinária.

 

O curso de Graduação em Medicina Veterinária está localizado na Unidade de Ana Rech, distrito de Caxias do Sul. Possui 21 docentes mestres e doutores, com qualificação para o componente curricular que atuam, sendo 62% deles Médico Veterinários e Zootecnistas que, em conjunto com os demais docentes, contemplam uma equipe multidisciplinar apta a atuar em um projeto pedagógico inovador e que atenda as demandas da sociedade, de acordo com a Diretriz Curricular Nacional que fomenta a formação de um profissional generalista. Cerca de 65% dos professores têm vínculo de trabalho parcial ou integral com o curso, fomentando o tripé do ensino, pesquisa e extensão.

 

Os acadêmicos participam de grupos de estudo, bem como desenvolvem projetos de pesquisa e extensão e têm publicados seus trabalhos em eventos nacionais de extrema relevância e qualidade. Atualmente, as atividades são desenvolvidas pelos seguintes grupos ou linha de pesquisa:

 

- Grupo de Estudo em Animais Selvagens (GEAS);

- Grupo de Estudo em Mosquitos (GPEM);

- Grupo de Estudo em Pequenos Animais (GEPA), o qual possui também um projeto de Extensão intitulado “Bem-estar e responsabilidade socioambiental com cães e gatos";

- Grupo de Estudos em Pecuária de Corte;

 

- Linha de pesquisa em Medicina Esportiva Equina com dois projetos: “Patologias do Equino Atleta e Patologias do Sistema Locomotor de Equinos”; e o projeto de Extensão sobre “manejo nutricional e sanitário em equinos da Fazenda Escola”;

- Projeto de Extensão: Vacinação Solidária contra Raiva em Cães e Gatos;

- Projeto de Extensão Silagem de Excelência;

- Projeto de Pesquisa em Forrageiras e Melhoramento do Campo Nativo;

- Projeto de Pesquisa sobre a Qualidade de Grão úmido de Milho.

 

As salas de aula estão preparadas para receber no máximo 40 alunos, permitindo maior contato com o docente e maior troca de informações entre os acadêmicos, pilares da educação humanizada, permitindo ao estudante um resultado melhor no processo de ensino e aprendizagem. A biblioteca localizada neste espaço é específica para o curso e conta com acervos físico e digital. Este complexo onde os acadêmicos têm as aulas teóricas e as práticas nos laboratórios básicos (Anatomia Animal, Tecnologia de Produtos de Origem Animal, Patologia Animal, Bromatologia e Nutrição, Microbiologia, Parasitologia, Histologia e embriologia fica dentro da Fazenda Escola. Espaço pedagógico responsável pelas atividades de manejo e produção das principais criações domésticas, proporcionando ao acadêmico a rotina de uma propriedade rural em todos os seus aspectos.

 

Além de todos esses espaços para execução do projeto pedagógico do curso, a FAMUR conta com o Centro Veterinário Murialdo (CVM) que é um espaço pedagógico constituído por laboratórios especializados com características hospitalares. O CVM está dividido em duas unidades:

 

A Unidade de Pequenos Animais está apta a receber cães, gatos e animais silvestres e tem como as principais articulações pedagógicas as seguintes ações: internação de cães, gatos e animais silvestres com salas individuais, de acordo com as particularidades das espécies; dois consultórios de atendimento equipados para a demanda da comunidade e das aulas;  sala de pré-operatório equipada com tanque e água aquecida e com equipamentos de preparo do paciente para ingressar em cirurgia; bloco cirúrgico preparado para cirurgias simultâneas, permitindo que todos os alunos possam acompanhar e realizar os procedimentos; e sala de pós-operatório localizada em local estratégico para encaminhamento do paciente direto para a internação correspondente após recuperação. Também existe o setor de isolamento para animais com doenças infectocontagiosas, setor de nutrição, laboratório clínico, sala para exames de imagens e farmácia, além dos espaços para apoio como lavagem e esterilização de material.

 

A menos de 50 metros, localiza-se a Unidade de Grandes Animais que atenderá tanto a demanda de Clínica, Cirurgia e Reprodução de Ruminantes, quanto a de Clínica e Cirurgia de Equinos. O setor de ruminantes possuirá laboratório de reprodução, bretes e mangueiras para o serviço com o gado e área coberta para atendimentos. O espaço para Equinos contará com sala de cirurgia, sala de anestesia, espaço coberto para atendimentos clínicos e procedimentos eletivos, baias individuais com acesso a piquetes.

 

O CVM está preparado para receber atendimento 24 horas, possuindo também uma área reservada para plantonistas e/ou residentes, conforme previsto em seu projeto e delineado tanto nas políticas internas quanto no programa de saúde única, no qual tem a inclusão como premissa.

Imprimir Notícia