Faculdade Murialdo

Mais de 50 trabalhos são apresentados na II noite do Fórum de Iniciação Científica

Na terça-feira, 21 de novembro, aconteceu a 2ª noite do Fórum de Iniciação Científica da Faculdade Murialdo (FAMUR), com a apresentação de 51 trabalhos desenvolvidos pelos acadêmicos ao longo do semestre.

As pesquisas abordaram temas voltados à liderança; gestão de pessoas; inovação, criatividade e empreendedorismo; gestão sustentável de custos; legislação trabalhista, empresarial e tributária; educação e infância; teorias e práticas nos diferenciais espaços educativos; políticas práticas institucionais e inclusão social; teorias e práticas pedagógicas nos diferentes espaços educativos; responsabilidade social, além de projetos de Extensão Acadêmica sobre o meio ambiente e sociedade, responsabilidade social e educação.

Análise de reclamatórias trabalhistas de Caxias do Sul; Matriz Nine Box como ferramenta na avaliação de desempenho; a importância das equipes autogerenciais para as organizações; liderança e voluntariado; neuroliderança; saúde privada nas Micro e Pequenas Empresas; previdência complementar; a Inserção das crianças imigrantes nas escolas da região; autoestima na terceira idade; letramento digital; mapeamento do perfil laboral de imigrantes contemporâneos em Caxias do Sul; o suicídio em ambiente de trabalho; educação no Trânsito; síndrome de Burnout em professores de Caxias do Sul; diálogos entre a Família e a Escola; patologias no equino atleta; densidade populacional e ocupação de javalis e porcos asselvajados no Parque Estadual do Ibitiriá (RS) e saúde animal foram alguns dos trabalhos apresentados.

Para a acadêmica e formanda de Administração, Jéssica Oselame, o sentimento que fica do Fórum é o do dever cumprido. “Eu apresentei minha última APS, e olhar para a sala de aula e ver as pessoas que caminharam comigo e me apoiaram a acreditar na realização dos sonhos, é muito especial. O Fórum nos desenvolve pessoal e profissionalmente”, afirmou.

De acordo com a coordenadora acadêmico-pedagógica, professora Drª Roberta Lopes Augustin, é gratificante perceber a evolução no campo da pesquisa. “As apresentações dos trabalhos comprovam a evolução e o amadurecimento dos acadêmicos na pesquisa científica e nos projetos de intervenção social”, salientou.

O VIII Fórum de Iniciação Científica vai até sexta-feira. Confira a programação completa:

 

Programação

 

Fotos: Marco Antônio Tessari

Imprimir Notícia