Faculdade Murialdo

Licenciamento Ambiental é tema de palestra na FAMUR

Os acadêmicos da disciplina de Gestão Ambiental e Sustentabilidade dos cursos de graduação em Administração e Agronegócio da Faculdade Murialdo (FAMUR) participaram, na noite desta segunda-feira, 5 de junho, de uma palestra sobre Licenciamento Ambiental. A mesma foi ministrada pela bióloga Juliana Nascimento Martins e coordenada pela professora Ana Rita Nunes.

A palestra, alusiva ao Dia do Meio Ambiente e da Ecologia (5 de junho), abordou assuntos como o processo de licenciamento ambiental, evolução da legislação, importância dos processos de regulamentação e desenvolvimento sustentável, bem como apresentou aos acadêmicos exemplos referente ao processo de Licenciamento Ambiental da Silvicultura na Serra Gaúcha.

Para a professora Ana Rita Nunes, a iniciativa proporcionou aos estudantes um ensino diferenciado que alia teoria e prática. “Faz parte da nossa missão formar profissionais éticos e reflexivos para o desenvolvimento de um mundo mais sustentável”, ressaltou.

 

Sobre a palestrante: Juliana Nascimento Martins possui graduação em Licenciatura Plena e Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) e especialização em Desenvolvimento Sustentável e Manejo Ambiental pela Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC). É proprietária da empresa Tecniflora Assessoria e Planejamento Florestal Ltda., onde atua na elaboração de laudos técnicos, mapeamento de uso e ocupação do solo, projetos e licenciamento ambiental. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em fauna, atuando principalmente na área de primatologia e mastozoologia.

 

Silvicultura: De acordo com a Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado do Rio Grande do Sul, o termo significa a atividade que se ocupa do estabelecimento, desenvolvimento e produção de florestas visando múltiplas aplicações, tais como: produção de madeira, papel, lenha, carvão, resinas e essências ou outras funções como abrigo para animais, quebra-ventos, proteção ambiental, entre outros.

 

Fotos: Ana Rita Nunes e Divulgação

Imprimir Notícia