Faculdade Murialdo

Inteligência Artificial mudará a forma de estudar

Em entrevista à Zero Hora, na edição do dia 24 de agosto, a presidente da Microsoft Brasil, Paula Bellizia, espalhou a mensagem global da empresa fundada por Bill Gates de que não há futuro sem Inteligência Artificial. “Ela vai estar em tudo. Queremos democratizar de novo o acesso à tecnologia de inteligência artificial, levando a tecnologia para todas as pessoas. A inteligência artificial muda a forma como as pessoas vivem”, argumentou Paula.

Mas o que é Inteligência Artificial? Conceitualmente, a definição de inteligência artificial está relacionada à capacidade das máquinas de pensarem como seres humanos - de terem e desenvolverem o poder de aprender, raciocinar, perceber, deliberar e decidir de forma racional e inteligente.

Dessa forma, buscando uma maneira nova e mais amigável de interação entre alunos, docentes e a instituição, o acadêmico da Faculdade Murialdo (FAMUR) Jones Heckler desenvolveu um sistema de Chatbot para seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Tecnólogo em Sistemas para a Internet.

Chatbot é um programa de computador que simula um ser humano na conversação com as pessoas respondendo perguntas na linguagem natural, humana, passando a impressão de se estar conversando com outra pessoa e não com um programa de computador.

Heckler explica que a ideia da criação do Chatbot surgiu para ampliar a interação da instituição com seus estudantes e professores. Os acadêmicos podem consultar as aulas no Moodle, baixar os materiais disponibilizados, verificar notas, faltas e ainda receber informações de eventos na instituição, utilizando o Facebook Messenger, sem precisar acessar serviços diferentes como o Portal ou o Moodle. “O propósito é integrar ainda mais os alunos com os sistemas internos da instituição, não precisando instalar um aplicativo específico para baixar, por exemplo, as matérias da aula do dia”, argumenta Heckler.

Imprimir Notícia