Faculdade Murialdo

Identidade Serrana: projeto chegou em sua 3ª edição com a participação da comunidade acadêmica

Ação é de responsabilidade do Núcleo de Pesquisa e Extensão Acadêmica da Faculdade Murialdo (NPEA)

 

De acordo com pesquisas realizadas pela Organização das Nações Unidas (ONU), a agricultura familiar representa cerca de 84% de todas as propriedades rurais no Brasil e emprega, pelo menos, cinco milhões de famílias. Pensando no desenvolvimento e incentivo da agricultura familiar, a Faculdade Murialdo promoveu, na última segunda e terça-feira, 5 e 6 de novembro, a terceira edição do projeto “Identidade Serrana: do estímulo ao fomento da Agricultura Familiar da Serra Gaúcha”. O evento acorreu na Unidade Sede (Rua Marquês do Herval, 701) e buscou estimular as iniciativas voltadas à atividade familiar no campo, por meio de oficinas de capacitação e da mostra e exposição de seus produtos.

 

Na segunda-feira, 5 de novembro, ocorreu a oficina “Comunicação e Marketing na Agricultura Familiar”, com a professora Dra. Juliana Rossa. Na atividade, a profissional destacou a importância das redes sociais na divulgação dos produtos do Agronegócio. Já no dia 6 de novembro, foi realizada a Feira e a Mostra de Produtos da Agricultura Familiar. Organizada pelos acadêmicos do Agronegócio, a exposição/feira apresentou diversas iniciativas de empreendedorismo, bem como a vocação produtiva da comunidade acadêmica da FAMUR, de seus estudantes, familiares e egressos.

 

O projeto, além de promover a agricultura familiar, aproxima a comunidade acadêmica da FAMUR com os produtores da região. Segundo o coordenador do curso de Agronegócio, Ricardo Stein, a FAMUR se empenha para que aconteça a valorização da agricultura familiar. “Esse projeto é uma grande celebração da comunidade acadêmica que mostra a força que o agronegócio possui na Serra Gaúcha”, afirma.

 

O acadêmico Amauri Scopel Fabro conta que participou de todas as edições do projeto Identidade Serrana e que pretende se fazer presente nos próximos eventos. “Essas atividades fazem com que o nosso trabalho seja divulgado e apreciado pela população, além de mostrarem o nosso aprendizado e desenvolvimento profissional”, destaca. Para a visitante da Feira, Silvana Gomes Zanella, a iniciativa é interessante para todos que circulam pelo Murialdo. “Toda vez que participo do Identidade Serrana, acabo adquirindo alguma coisa. Os produtos são maravilhosos”, salienta.

 

O projeto “Identidade Serrana: do estímulo ao fomento da Agricultura Familiar da Serra Gaúcha” ocorre mensalmente, nas primeiras segundas e terças-feiras de cada mês. A edição do mês de dezembro está prevista para os dias 3 e 4.

 

Fotos: Daniela Basso

Imprimir Notícia