Faculdade Murialdo

Feira Solidária no Murialdo Santa Fé promove cidadania

Mais de uma hora antes da abertura da Feira Solidária no Murialdo Santa Fé, que se iniciou às 9h da manhã de sábado, 2 de dezembro, já havia moradores formando fila para participar da ação. Cerca de 700 kg de alimentos, como feijão, arroz, massa, farinha e ovos, foram arrecadados por meio de doações e disponibilizados à venda aos familiares das crianças e adolescentes atendidos no local, por um preço simbólico (R$ 1 e R$ 2). Foram arrecadados R$ 925, revertidos ao Murialdo Santa Fé.  Algumas cestas básicas também foram disponibilizadas gratuitamente a famílias em maior situação de vulnerabilidade.

A feira foi organizada pela Pastoral da FAMUR, por meio do apoio dos cursos de Administração, Agronegócio, Ciências Contábeis e Medicina Veterinária. Professores e acadêmicos voluntários doaram seu tempo para que a ação fosse realizada.

O evento desenvolveu o programa de Responsabilidade Social da Faculdade Murialdo, além da solidariedade integrada às competências e habilidades dos cursos de graduação. A iniciativa foi organizada pelos cursos a partir de seus conhecimentos adquiridos em sala de aula: o curso de Administração ficou responsável pela organização geral do evento (estrutura, comunicação e divulgação); o curso de Agronegócio fez a coleta e o armazenamento dos alimentos; o curso de Ciências Contábeis orientou os participantes do evento sobre educação financeira do consumidor e o curso de Medicina Veterinária fez toda a inspeção dos alimentos de origem animal.

“Eu me sinto emocionada, e até impotente, diante da realidade dos moradores da região. Acho que a Faculdade tem que continuar a incentivar o aluno a participar de ações como essa”, descreveu a acadêmica do curso de Administração Andréia Borges Witniski. Para o acadêmico de Agronegócio Daniel Trindade, que atuou durante uma semana na coleta e contagem dos alimentos, foi um excelente trabalho. “É muito satisfatório poder auxiliar de alguma forma as pessoas que precisam, afirmou. Já para o acadêmico de Administração Adilson da Silva, a ação foi motivadora: “Isso possibilita a vivência em um mundo que não é nosso, propiciando interação e conhecimento sobre uma nova realidade”, avaliou.

Para a cozinheira Fabiana Pereira, que tem uma filha de 7 anos atendida na instituição, a feira foi muito importante, já que ofereceu produtos da cesta básica por preço acessível. “Tomara que a inciativa se repita”, opinou. Mesma opinião da auxiliar de limpeza Daniela dos Santos, que tem três filhos atendidos na instituição, de 9, 12 e 14 anos. “A crise hoje está muito forte, aproveitei e comprei tudo o que tinha”, declarou.

De acordo com o Coordenador da Pastoral, o professor Ulisses Bisinella, a Feira Solidária foi um sucesso. “Além de ser uma ação de solidariedade, é uma ação de Natal. Ela contribui para o nosso desenvolvimento pessoal e profissional. Aprendemos muito com a comunidade do bairro Santa Fé, pois foi possível aprimorarmos cada vez mais a nossa qualificação. Parabéns pelo empenho de todos e que venham as próximas”, afirmou.

Para o integrante da Pastoral e funcionário do Murialdo Santa Fé, Pe. Geraldo Boniatti, quando o Papa Francisco fala em Igreja em saída está dizendo também Instituição em saída. “A ação solidária no Murialdo Santa Fé pode se tornar o campo missionário da FAMUR. Humanização é isto: ações práticas e não apenas reuniões recheadas de modernos conceitos. Parabéns para todos e todas que tornaram o evento possível”, destacou.

 

Inauguração da biblioteca do Murialdo Santa Fé

 

Juntamente com a feira, ocorreu a inauguração da Biblioteca do Murialdo Santa Fé, implantada por meio do projeto de extensão denominado “O livro na comunidade: promoção de acesso à literatura aos atendidos no Murialdo Santa Fé e comunidade local”. O projeto, iniciado em março de 2017, foi realizado pelas acadêmicas do curso de Pedagogia Giovana Santos da Cruz, Raissa Vitória Camelo Silva e Danieli Boschetti, orientadas pela professora Juliana Rossa. Entre as ações, o projeto realizou a reestruturação do espaço destinado à biblioteca, ambientação do local, campanha de arrecadação de livros, triagem e classificação das obras. “Queremos agradecer a todos que contribuíram de alguma forma para a concretização deste sonho, que está auxiliando na nossa formação e que, certamente, vai fazer a diferença na comunidade”, disse Giovana.

Além do ato solene de inauguração, a ação contou com contação de histórias, pinturas no rosto e distribuição de doces, envolvendo, ainda, outras acadêmicas voluntárias do curso de Pedagogia.

 

Fotos: Marco Antônio Tessari

Imprimir Notícia