Faculdade Murialdo

FAMUR realiza 1ª Roda de Mate da Medicina Veterinária

Evento fez parte da programação alusiva ao Dia do Médico Veterinário e comemorações Farroupilhas

 

O curso de graduação em Medicina Veterinária e o NDE da Faculdade Murialdo (FAMUR) realizou, nos dias 12 e 13 de setembro, o evento 1ª Roda de Mate, no CTG Ginetes da Tradição. As atividades ocorreram de forma alusiva ao Dia do Médico Veterinário (celebrado em 09.09) e as comemorações Farroupilhas, com o objetivo de entender o contexto histórico do Estado do Rio Grande do Sul e a inserção do Médico Veterinário neste ambiente.

 

O evento buscou explanar, discutir e apresentar a relação do Médico Veterinário inserido neste contexto cultural por meio dos temas: bem-estar animal, comportamento profissional, tradição e regionalismo, produtos locais, paisagem característica do estado do Rio Grande do Sul e sua influência no manejo e na sanidade animal, além da evolução da pecuária no RS.

 

Os dois dias de evento foram marcados por um painel expositivo com debate multidisciplinar entre docentes, discentes e comunidade, além de dinâmicas de grupo com músicas regionais, almoço festivo e celebração universitária. De acordo com o professor do curso de Medicina Veterinária, Juliano Roman, a 1ª Roda de Mate foi planejada para promover a integração entre os acadêmicos de diferentes semestres e mostrar como a cultura gaúcha pode influenciar na atividade profissional do médico veterinário. “Foram dois dias de confraternização e conhecimento, com um bom mate um almoço campeiro realizado pelo Centro Acadêmico”, afirma.

 

Para a vice-presidente do Centro Acadêmico de Medicina Veterinária, Raquel Oro, o evento foi realizado com todo amor e carinho. “Eu acredito que ações como essas, permitem que professores e estudantes tenham uma maior interação. Além disso, a atividade contou com a participação de acadêmicos, professores, médicos veterinários, produtores da região. Foi uma grande troca de experiências! ”, ressalta.

 

A acadêmica do curso de Medicina Veterinária Josiéle de Oliveira Quadros participou da ação abordando sua realidade e experiência no campo. Para ela, foi de suma importância a realização da 1ª Roda de Mate, pois traz inúmeras trocas de conhecimentos e vivências. “Me emocionei falando, por que a gente passa por muitas dificuldades para chegar onde estamos. Nem tudo é um mar de rosas, mas saber que todo o esforço valeu a pena, e com certeza gratificante”, salienta. Josiéle ainda destacou que foi bacana relatar aos colegas a força do Agronegócio e do campo. “São locais onde muitos estarão trabalhando daqui a algum tempo”, finaliza.

 

 

Fotos: Divulgação

 

Imprimir Notícia