Faculdade Murialdo

Confira 10 livros que todo pedagogo e todo estudante de Pedagogia deve ler

Que a leitura de jornais, livros, revistas contribui para o enriquecimento do vocabulário, a gente já sabe. Todavia, hoje falaremos sobre a importância da leitura específica para o pedagogo. Além do acima citado, é importante lembrar que o profissional de pedagogia necessita ler livros sobre didática, currículo, planejamento e gestão escolar. De acordo com coordenador do Curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade Murialdo (FAMUR), professor Me. Pedro Paulo da Silva Júnior, “esse tipo de leitura enriquece o repertório cultural do professor.” Segundo ele, “a inovação se dá quando ocorre a crítica e a reflexão sobre as práticas realizadas no exercício da docência”, destaca.

E é com base nisso que o coordenador Pedro Paulo, em parceria com docentes, preparou ótimas dicas de livros para você. Escolha o melhor ambiente, faça a conexão com o seu futuro e boa leitura!

 História das ideias pedagógicas

    O livro retrata o pensamento e a atividade pedagógica desde a antiguidade até a época contemporânea, bem como os textos básicos de cada pensador.


História da Educação e da Pedagogia

    Desde a primeira edição, a autora discute os aspectos sociais, políticos e econômicos dos quais o fenômeno da educação não se desvincula. E busca, nos pressupostos filosóficos, o fio condutor que auxilia a interpretação dos fatos históricos. 


Saberes pedagógicos e atividade docente

    Este livro expõe ao debate algumas pesquisas na área da pedagogia. Os temas abordados colaboram para dotar os professores de perspectivas de análise que os ajudem a compreender os contextos históricos, sociais e organizacionais, nos quais se dá a atividade docente.

 

 Pedagogia e Pedagogos: caminhos e perspectivas

    Os textos reunidos neste livro investem na valorização da formação de pedagogos e a sua atividade profissional e apresentam propostas fundamentadas teórica, histórica, política e culturalmente.

 

 Pedagogia e pedagogos, para quê?

   O livro discute questões relacionadas ao campo teórico da Pedagogia, a prática educativa como seu objeto, a relação com as demais ciências da educação, a identidade profissional do pedagogo e seu papel diante das realidades contemporâneas.

 

 Temas de Pedagogia: diálogos entre didática e currículo

    Os organizadores e autores deste livro têm em comum a preocupação com a pedagogia como campo de estudos, pesquisa e formação. O que mobiliza esses pesquisadores é saber como articular, na prática escolar, os objetivos, conteúdos, modos cotidianos de criar currículos, tanto quanto políticas curriculares, formas de relação dos estudantes com os saberes, metodologias e técnicas de ensino, tendo em vista a formação de sujeitos pensantes e críticos.

 

 Saberes docentes e formação profissional

   O livro discute os saberes que servem de base aos professores para realizarem seu trabalho em sala de aula. São criticados os enfoques anglo-americanos que reduzem o saber dos professores a processos psicológicos, assim como certas visões europeias tecnicistas que alimentam as abordagens por competência.

 

Como aprender: andragogia e as habilidades de aprendizagem

   Para manterem-se competitivos na economia do século XXI, profissionais e alunos enfrentam um desafio comum: devem atualizar e melhorar constantemente suas competências por meio de treinamentos e desenvolvimento profissional. A proposta deste livro é criar condições para que a fundação necessária ao surgimento das competências que acompanham um profissional e um aluno de sucesso possa ser desenvolvida, dando especial ênfase à aprendizagem e a algumas habilidades específicas. 

 

 Profissão professor

   Como ponto de partida de qualquer projeto de formação, o currículo é a expressão de conflitos e consensos que são construídos a partir da (re) definição das suas políticas e práticas. Esta coleção conta agora com um novo título a somar aos três livros já publicados anteriormente.

 

Pedagogia da Autonomia: saberes necessários a prática educativa

   Paulo Freire nos apresenta uma reflexão sobre a relação entre educadores e educandos e elabora propostas de práticas pedagógicas orientadas por uma ética universal que desenvolvem a autonomia, a capacidade crítica e a valorização da cultura e conhecimentos empíricos. Paulo Freire estabelece neste livro novas relações e condições para a tarefa da educação.

 

Imprimir Notícia