Faculdade Murialdo

Comemoração ao Dia do Professor/Educador reúne a Rede Murialdo da Serra Gaúcha

No sábado, 15 de outubro, a Família de Murialdo da Serra Gaúcha (Centro Educativo, Centro de Formação Profissional, Casas Lar, Colégios Centro e Ana Rech, Faculdade, Gráfica e  Murialdo Santa Fé), esteve reunida no Teatro Murialdo para comemorar o Dia do Professor/Educador. O evento contou com a presença de 285 profissionais entre direção, professores e funcionários, além do Reverendíssimo Superior Geral da Congregação de São José, Padre Mário Aldegani.

Após a recepção festiva pela Equipe de Gestão, aconteceu um momento de prece e reflexão, com uso de simbologia e com a participação especial de alunos do Colégio Murialdo e das crianças das Casas Lar.

Em seguida, Pe.  Mário Aldegani, que veio da Itália, palestrou sobre o tema “nos passos de Murialdo, educadores para o novo milênio”. Carismático, Aldegani disse do seu orgulho de estar em Caxias do Sul e celebrar a data dos continuadores da missão de Murialdo. “Sinto-me no dever de louvar o Senhor pela graça de ter muitas pessoas participando de missão educativa dos Josefinos e agradecer-lhes por serem muito mais numerosos do que nós, Josefinos; por serem o rosto de Murialdo entre as crianças e os jovens. A todos o meu agradecimento e minha bênção”, falou emocionado.

O religioso também chamou a atenção para os fenômenos contemporâneos que desafiam a ação dos educadores no contexto da mudança de época. “Nos últimos 50 anos o mundo mudou mais que nos últimos 500; por isso, é preciso, não só uma mudança de mentalidade, mas uma mentalidade de mudança”, advertiu. Para ele, “não podemos perder a capacidade de olhar nos olhos das pessoas, expressar o bem querer e fortalecer as relações de convivência”.

Atentos, os presentes participaram com perguntas e intervenções. Ao final da palestra, Pe. Mário foi muito aplaudido e recebeu uma lembrança como forma de gratidão.

A comemoração teve continuidade com o almoço de confraternização que aconteceu no Salão Paroquial. Pedimos a São Leonardo Murialdo para que ilumine todos os profissionais da Instituição para que, cada um, vivencie o legado de “Educar o Corações”.

Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra.” (Rubem Alves)

Imprimir Notícia