Faculdade Murialdo

Acadêmicos de Contábeis participam de palestra sobre Controle Social da Gestão Pública

A Faculdade Murialdo (FAMUR), por meio do curso de graduação em Ciências Contábeis promoveu, na noite desta quarta-feira, 28 de março, a palestra “Controle Social da Gestão Pública”, com o coordenador do Observatório Social de Caxias do Sul, Alexandro Ferreira.

O coordenador de Ciências Contábeis, professor Carmo André Meinertz deu as boas-vindas aos participantes e destacou a importância do assunto em pauta. “Enquanto cidadãos podemos melhorar as contas públicas, e por meio desse tipo de bate-papo que vamos ter hoje a gente aprende a como fazer isso”, declarou.

Ferreira agradeceu o convite em poder apresentar o Observatório Social (OS), sua história e missão. “A organização surgiu em Maringá (PR) com o objetivo de melhorar a gestão pública, após um escândalo no município. Nos últimos anos o OS cresceu e, atualmente, estamos presentes em mais de 100 cidades brasileiras, sempre trabalhando contra a corrupção”, afirmou. Ele também destacou outras ações do OS, como o treinamento de voluntários que queiram ajudar e também o treinamento de empresas que queiram pleitear de forma uma licitação.

 

            A palestra também abordou o funcionamento do OS em Caxias do Sul, com o propósito de conscientizar a sociedade para o controle social da gestão pública e a cidadania fiscal. Ferreira apresentou diversos exemplos para explicar a importância do Observatório Social. Após a exposição, os acadêmicos puderam sanar suas dúvidas ou acrescentar opiniões sobre o assunto.

            Para a acadêmica Tainara Sirene, a temática da palestra foi bem pertinente para o aprendizado. “Essa atividade foi bem válida, pois não conhecida essa organização e é interessante nos informar sobre ela e seu trabalho em favor da população e da aplicação dos recursos públicos em favor da sociedade”, contou.

            Para ampliar o aprofundamento sobre o assunto, os estudantes desenvolverão, em pareceria com o Observatório Social um trabalho de investigação das contas públicas do município.

 

Fotos: Daniela Basso

Imprimir Notícia