Faculdade Murialdo

7 livros para universitários lerem nas férias

Após um longo período de aulas, trabalhos e provas, tudo o que os universitários querem é relaxar e curtir as férias. Muitos irão viajar, sair com os amigos, curtir a praia e se divertir. Além disso, dá para reservar tempo para uma boa leitura.  Fique ligado em nossas dicas:

 

O poder da empatia: Nesse livro, o filósofo e historiador Roman Krznaric sustenta que, ao contrário do que pensamos, não somos eminentemente autocentrados, pois nosso cérebro é equipado para a conexão social. Baseado em mais de doze anos de pesquisas em diversos campos do saber, ele nos leva a uma jornada através dos séculos para mostrar por que devemos desenvolver a empatia, ensinando como é simples praticá-la. O autor expõe os seis hábitos das pessoas extremamente empáticas, cujas habilidades lhes permitem conectar-se com outras de maneira extraordinária e, assim, fazer a diferença e transformar as relações. Quer sejam médicos, professores, cientistas, banqueiros, policiais, moradores de rua ou abastados fazendeiros, todos têm uma história para contar.

 

Limite Zero: Como purificar pensamentos e ações negativas, deixando a mente livre para que a Lei da Atração possa conspirar a favor do ser humano nas mais diversas searas das vidas? Segundo Joe Vitale, o Ho’oponopono é a resposta. Em 'Limite Zero - O sistema havaiano secreto para a prosperidade, saúde, paz e mais ainda', a autora atualiza esse antigo sistema havaiano de cura. Levadas ao cotidiano, as quatro frases fundamentais do método - 'Sinto Muito'; 'Me Perdoa'; 'Eu te Amo' e 'Obrigado' - são artífices verbais para desarmar os programas mentais automatizados que geralmente colocamos em ação sem perceber.

 

Desvendando os segredos da linguagem corporal: Um gesto vale mais do que mil palavras. Provavelmente você já ouviu esta frase, mas talvez não tenha se dado conta do quanto ela é verdadeira. Em “Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal”, Allan e Barbara Pease esclarecem que 93% da comunicação humana é feita através de expressões faciais e movimentos do corpo. Quando aprendemos a prestar atenção em nossa linguagem corporal e a interpretar corretamente a dos outros, passamos a ter maior controle sobre as situações, pois podemos identificar sinais de abertura, de tédio, de atração ou de rivalidade e agir de forma adequada aos nossos objetivos. Com bom humor e uma sólida base científica, os autores explicam o significado de gestos que usamos no dia-a-dia, como cruzar os braços, coçar o nariz e balançar a cabeça, evitando os habituais mal-entendidos causados pela contradição entre o que dizem nossas palavras e nosso corpo.

 

A arte da felicidade – um manual para a vida: O propósito de nossa existência é buscar a felicidade. Parece senso comum, e pensadores ocidentais como Aristóteles e William James concordaram com a ideia. No entanto, a visão que se apresenta nesta obra é de felicidade como um objetivo verdadeiro, um objetivo para a realização do qual podemos dar passos positivos. Neste livro estão relatadas longas conversas com o Dalai-Lama as quais constituem a base desta obra, com o objetivo expresso da colaboração num projeto que apresentaria suas opiniões sobre como levar uma vida mais feliz, acrescidas das próprias observações do autor a partir da perspectiva de um psiquiatra ocidental.

 

 

Senhor das moscas: Publicado originalmente em 1954, “Senhor das Moscas” é um dos romances essenciais da literatura mundial. Adaptado duas vezes para o cinema e traduzido para 35 idiomas, o clássico de William Golding já foi visto como uma alegoria, uma parábola, um tratado político e mesmo uma visão do apocalipse. Durante a Segunda Guerra Mundial, um avião cai numa ilha deserta, e seus únicos sobreviventes são um grupo de meninos. Liderados por Ralph, eles procuram se organizar enquanto esperam um possível resgate. Mas aos poucos esses garotos aparentemente inocentes transformam a ilha numa visceral disputa pelo poder, e sua selvageria rasga a fina superfície da civilidade.

 

Engenheiros da vitória: Ao contrário das histórias clássicas da Segunda Guerra, que privilegiam os líderes políticos e militares, em “Engenheiros da vitória” Paul Kennedy procura iluminar o esforço daqueles que chama de solucionadores de problemas: cientistas, engenheiros, soldados, homens de negócios que foram responsáveis por tornar possível a grande estratégia estabelecida em Casablanca. Entre as muitas histórias narradas, estão a invenção do Magnetron, um radar em miniatura, tão pequeno como um prato de sopa, que podia ser facilmente instalado em aviões e navios de combate menores; a construção do Hedgehog, um morteiro múltiplo de granadas de curta distância que diminuía o tempo do disparo contra o inimigo; ou a instalação de turbinas Rolls Royce nos aviões P-51 Mustang, criando jatos mais velozes que os da Luftwaffe.

 

A tríade do tempo: Considerado o maior especialista em gestão do tempo no Brasil, Christian Barbosa oferece uma solução definitiva para quem deseja uma vida mais equilibrada, voltada para a realização dos seus sonhos. Com base em uma pesquisa realizada com mais de 42 mil pessoas em todo o mundo, ele apresenta um inovador método de planejamento pessoal que vai ajudar você a organizar sua vida e se tornar mais produtivo. A partir do conceito de que o tempo se divide em três esferas – importante, urgente e circunstancial –, o autor ensina como equilibrá-las para melhorar seu desempenho e como agir caso você esteja desperdiçando energia demais na esfera errada. A prática dessa metodologia, já testada e aprovada por milhares de pessoas, vai permitir que você encontre um momento para respirar entre uma tarefa e outra e consiga se dedicar ao que é realmente importante para sua vida.

Imprimir Notícia